GIRLSPT.COM - Cursores Animados
Tirando Onda: Abril 2017
 
1

Não Tenha Medo!!

Não tenha medo da morte, pois ela é a libertação. Quando se sentir triste e sem solução saiba que chegou o momento de se libertar!

Leia mais
2

Amizade

Um amigo é alguem com quem podemos contar em todos os momentos da vida, amigo é aquele que faz e não aquele que promete, amigo é irmão e sabe como fazer você se sentir bem... Amigo, amigo é uma anjo que Deus nos mandou, mesmo que não vejamos suas asas, eles nos cobrem com elas e nos protegem ate o final, amigo é o ser mais lindo do mundo que as vezes esquecemos de dar o devido valos a eles. Amigos, irmãos, anjos... seja la seu nome, sua aparencia ou sua vocação... Amigo é amigo em qualquer situação!

Leia mais
3

Tempo

Quando eramos crianças não tinhamos preocupações com o tempo, sem responsabilidade, sem deveres, sem ter que perder um minuto do nosso precioso tempo... Nossa unica preocupação era do que iriamos brincar ou o que iriamos ver na tv. Quando a nossa unica vontade era de ser adultos para não precisar dormir mais cedo, para acordar mais cedo para ir a escola.

Leia mais
4

TITULO 4

ESCREVA AQUI O TEXTO 4

Leia mais
5

TITULO 5

ESCREVA AQUI O TEXTO 5

Leia mais

Carta de uma suicida.

| 0
Não pensem que é fácil desistir de viver, na verdade é a decisão mais difícil que vc poderá tomar um dia, pois não é somente sua vida, envolve varias outras pessoas e vários outros fatores. Até por que vc não vai acordar um dia e dizer "Porra! cansei dessa merda de vida, vou me matar". Não, a pessoa se mata cada dia um pouco, cada amanhecer sua vontade de sair da cama se torna nula, mas ainda assim ela veste a sua melhor mascara e sai da cama, tomo o café com a família e vai pro trabalho, o que lhe da um sossego com os "pensamentos ruins"
 Mas chega um certo momento do dia que nem toda distração, sorrisos dados ou arra,cados tira aquela dor dentro de vc, e sim voltam todos aqueles pensamentos... Na verdade nos matamos a cada dia, a cada segundo, a cada olhar de rejeição, a cada bronca por não estar feliz ou por não querer sair do seu quarto, não é nada facil ver alguém que você ama se definhar, e ainda assim preferir a solidão, não é nada facil olhar para seu filho e ver que seus olhos ja não tem mais o brilho d antes que sua vida esta se esvaindo e que você por mais que tente não poderá fazer nada para que isso não aconteça. É ruim eu sei, mas não é com discursos motivacionais que vc vai conseguir fazer uma pessoa mudar de ideia sobre o que ela quer fazer, afinal a escolha é e sempre será dela, viver ou morrer, é uma escolha tão pessoal que outra pessoa não deveria fazer parte disso, não estou dizendo :- Ei calma! ele só vai se matar e vc não poderá fazer nada.
 Jamais diria isso, ainda mais se é alguém que ame, ate por que acho que seria muita idiotice a minha dizer algo desse cunho ha alguem... Só digo que se a pessoa esta certa do que quer fazer, se ela ja esta convicta de que não quer mais viver, nada do fizer ou disser vai mudar isso...

Essa é a minha carta...
Se chegarem a ler isso eu peço perdão... Perdão por não ter sido uma boa filha, uma boa amiga, uma boa irmã, uma boa namorada. Essa não é a primeira vez que tento, mas é a primeira que sei o por que faço e quero fazer, agora estou cansada, com dores, magoada, sinto que tenha que fazer vocês sofrerem, mas com o tempo isso passa, a dor diminuiu e logo eu vou ser apenas uma lembrança vaga na cabeça de vocês...Não esta sendo nada fácil e cada passo que dou me leva mais perto do abismo, assumo que é covardia minha, que sei que poderia lutar mais um pouco, e mais um pouco, e mais um pouco... e esse pouco iria me arrastando pra uma vida infeliz e cruel.
 Mãe sei que não vou pro mesmo lugar que vc, mas te juro que nem todo inferno vai me impedir de te encontrar, que Deus esteja sempre ao seu lado e que possa me perdoar por não aguentar mais. Te amo muito e lamento não ser a filha que sempre sonhou, sei que no começo vai sentir raiva, depois com o tempo a saudade vai ser maior que a raiva por eu ter sido tão covarde, sinto de verdade desapontar vc mãe, por não ser a copia exata da minha irmã, sei que ela vai cuidar de vc e eu estarei cuidando seja de la onde eu estiver, sempre estarei ao seu lado mãe... Obrigada por sempre ter tentado fazer o que era melhor pra gente, e mãezinha não se culpe em nenhum momento por isso, não foi e nunca será sua culpa, foi minha escolha, E não se culpe pelo que aconteceu, vc tinha 3 filhos pra criar, não podia ficar cuidando de mim o tempo todo, por algum tempo eu te culpei, por muito tempo te culpava por td de ruim que acontecia na minha vida, na verdade sempre achei que não me amase, o tratamento era diferente dos meninos, mas eu sei que era td por medo... Não se preocupe comigo eu vou estar bem, sempre que puder vou estar contigo nos seus sonhos e dizer que sempre foi a meljor mãe do mundo e que te amo muito, 
No momento estou morrendo de medo, mas ja enfrentei tanta coisa o que é enfrentar a morte de frente... è ruim pensar que não vou te ver tds os dias ou que não vou estar ao seu lado qndo estiver doente ou com medo, mas juro que farei de tudo pra sempre estar com vc ...
Não tenho como me despedir, alias nunca fui boa nisso... Que Deus em sua infinita bondade me perdoe, e que vc mãe possa ser livre.

Escrevi essa carta a uns dias... será que vou ter coragem? Quem sabe!? 

Pensando aqui...

| 0
Não que não sejamos bons em algumas coisas, mas nunca seremos bons o suficiente para algumas pessoas, não que eles (as) vão se importar com isso... Não que vá mudar algo dentro do seu ser, mas sempre acaba dando uma vontade básica de chorar, de largar tudo e sair pelo mundo em busca de algo novo, que nos traga paz, nos traga o que aquela pessoa nos levou... Mas quem sera que está errado nessa situação, a pessoa ou vc que depositou tudo o que tinha nela, todas as suas alegrias e tristezas, todos seus sonhos e fantasias, suas inseguranças, principalmente seus defeitos...
Claro que sempre vamos nos culpar, e podemos ate mesmo tentar colocar a culpa na outra pessoa, mas no fundo, bem no fundo sempre saberemos da nossa parcela de culpa... Jamais devemos nos entregar totalmente a uma pessoa, pois ela não o fará... Não devemos depositar toda nossa confiança em alguém que achamos conhecer... Acabamos nos machucando por um erro nosso mesmo, que poderia ser evitado no começo de uma amizade, relacionamento, qualquer outro tipo de coisa que possa unir duas pessoas... Mas vá em frente, busque a paz que precisa, o sossego que merece e a sabedoria que necessita, viaje, saia com os amigos, faça novos amigos, cuide do que foi ferido e depois comece a pensar em confiar novamente em alguém, comece confiando em sua intuição, no que ela te diz sobre certas pessoas ou situações, sei que pode parecer duro ou que eu seja uma pessoa mal amada, mas deixe pra confiar no seu coração por ultimo... quando já tiver certeza de tudo que a pessoa se entregou o mesmo que vc ou que o negocio ja esta quase fechado... Apesar de parecer super sensato seguir seu coração ele pode te trair as vezes. Procure sempre razões antes de agir por emoções, é lindo sim, mas muito mais bonito é não se machucar por algo que só existiu na sua cabeça.
 Por isso faça o que tiver vontade, saia, beba, se divirta, transe se quiser transar, mas deixe pra amar quem realmente mereça seu amor... Acima de tudo se ame!!!


Não esta sendo fácil...

| 0
Bom esse nunca foi e nunca sera o intuito do blog... Mas precisava desabafar e sei que aqui não serão muitos os que irão ler isso...
Me chamo Suelen tenho 29 anos, acabei de completar e acho que tenho uma vida "boa"...
Trabalho em um mercado ou melhor em um atacado multinacional, onde sou vista como um burro de carga... que só tenho valor quando estou bem e trabalhando 100%... Quando isso não acontece sou vista como um estorvo que ninguém quer no seu setor. Há alguns anos sofri um acidente de moto e rompi o tendão do ombro esquerdo, mesmo com  o ombro em frangalhos trabalhei por mais um mês antes de me afastar, fiz a cirurgia de ligamento do tendão e fiquei mais um ano afastada das minhas funções... ((esse tempo td presa dentro de casa, ja que não estava boa pra trabalhar tbm não estava para sair)) tbm nunca fui de ter uma vida social tão ativa a ponto de ligar de ficar dentro de casa, só que essa permanência e dependência de remédios pra dores me trouxeram outras complicações, algo que ninguém quer ver ou tentar entender... a famosa DEPRESSÃO... por que em letras garrafais... Pq ninguém assume que um filho ou um amigo ou um parente esta com essa merda!!
É mais fácil dizer que é frescura e que a pessoa não tem porra nenhuma, mesmo que ela esteja ali, lhe pedindo ajuda, implorando por atenção...
Depois de um tempo minha vida começou a ficar cada dia dia pior, eu não queria mais sair de dentro do quarto e não aceitava mais ter que ficar cuidando da filha do meu irmão ((quem pariu Matheus que balance))... Quando achei que tudo fosse mudar e eu voltaria a trabalhar, a ver gente, me comunicar, sair do quarto, finalmente receber a "ajuda" que eu tanto precisava, tive uma discussão horrível com minha mãe, depois a medica do trabalho não me deixou voltar a trabalhar, na verdade ela nem me avaliou , só me disse que se eu voltasse me demitiriam, isso tudo no mesmo dia, pra completar a mare de sorte a moto de uma amiga foi roubada e tive que ir com ela na delegacia, segundo a medica do trabalho voltei lá mais uma duas ou três vezes pedindo para que ela me liberasse para o trabalho ((tamanho era meu desespero de voltar a ficar sozinha)) segundo ela também eu estava bem nervosa e parecia bem fora de mim... Bom não lembro nada daquele dia, so o que me contaram...
Cheguei em casa ja nervosa e me tranquei no quarto, tive mais uma discussão com minha mãe e me tranquei no quarto, abri o whats pra conversar com uma amiga e dizer o que eu estava planejando fazer e por mais que ela tenha me pedido para que eu não fizesse eu fiz... Tentei suicídio, tomei acredito que tenham sido umas 10 cartelas de remédios controlados da minha mãe, tirei foto e mandei a ela,e por mais que ela me implorasse para que eu chamasse minha mãe eu não o fiz, disse que eu não faria falta, que ela ficaria melhor sem mim... Minha mãe só deu falta de mim no meio do dia seguinte pq não levantei para o almoço, segundo ela eu já estava desfalecida, ela chamou a ambulância e la dentro eu tive duas paradas respiratórias e entrei em coma...acordei alguns dias depois no hospital sem me lembrar de nada... Com ela e meu pai do meu lado...((omo não perceberam antes?)) Fiquei uma semana no hospital depois me mandaram pra casa pois eu ja não corria risco... fiquei quase um mês sem conseguir me levantar da cama, sem conseguir comer ou tomar banho sozinha, perdi uma grande parte da minha memoria e ganhei o receio da minha mãe de deixar remédios  por ai....Bom me recuperei, voltei ao trabalho, claro teve comentários e coisa s como "sua amiga ficou louca e tentou se matar" Mas ninguém chegou em mim e perguntou "Su o que realmente aconteceu? eu posso te ajudar?"...
 Trabalhei por um ano normal... nesse meio tempo sofri um acidente no trabalho e o chefe de plantão não deu muita bola, disse : - No meu plantão não ocorre acidentes, se não machucou não aconteceu nada.
 Mas aconteceu, como cai sentada machuquei a bacia, ainda assim trabalhei normalmente, mesmo com dor, mais um tempo passou e eu mesma me esfaqueei ((não, não foi de proposito)) abriu o cat e deu como acidente de trabalho, ja que a chefe de plantão era bem mais responsável que o outro...não passou muito tempo eu cai de novo na câmara fria, e sim eu avisei meu chefe... Nesse meio tempo eu comecei um  namoro com um cliente, que sempre ia la e vivia dando em cima de mim, eu ate achava que era brincadeira, ate que ele me chamou pra sair, aceitei o convite e fomos no cinema, foi uma noite noite muito bonita, me senti gente de novo...
Passaram- se as festas e ele estava ao meu lado, ate falou de casamento ((devo ser muito burra para acreditar nisso)) dizia me amar que que mudei a vida dele (( piada neh?! se não consigo mudar a minha como vou mudar a de outra pessoa)) ... Do nada a Depressão voltou e veio com força, mas me sentia mais segura ao lado dele, me sentia forte, pronta pra encarar o mundo e do nada ele me deixou, mas não me deixou apenas, fez questão de fazer com que eu me sentisse o pior ser humano do mundo... e minhas forças se esvaíram, ja não tinha mais chão, chorava no trabalho, não saia mais com minhas amigas e so queria saber de ficar dentro de casa....pensei por varias vezes em me matar e terminar com td isso de uma vez... Então tive a brilhante ((sarcasmo)) ideia de ir conversar sobre o assunto com a minha mãe.... "vc esta doida< precisa procurar um psiquiatra" (( não mãe eu só precisava de atenção e carinho))
Alguns meses se passaram e eu fui superando a falta dele, algumas vezes caia na burrice de mandar msg , mas fui superando, o trabalho estava indo bem, mas estava sentindo muitas dores e resolvi ir num especialista, que de primeiro disse que eu tinha "Sacroileíte Bilateral" o que ja me deixou em panico,,, procurei então uma reumatologista que me disse que eu não tinha nd, que poderia ser pq sou ansiosa e me receitou remédios para ansiedade ((que me ajudaram, mas não com a dor) então resolvi procurar um especialista em coluna, que de primeira meio que tirou sarro e achou que eu estava mentindo e só queria atestado para faltar ao trabalho ((caralho fiquei quase 2 anos afastada pra que vou querer ficar mais )) então ele pediu uma bateria de exames e la fui eu fazer...Eh gente a vida eh uma bosta... fui no MEU ortopedista e ele me disse que era uma hernia e que minha sacro tbm poderia estar com problemas, mas que eu teria que voltar no especialista para que ele visse os exames e desse o parecer dele.... entrei na sala e ela com uma cara de doido, meio que no começo não acreditou nas minhas dores, ate abrir a ressonância ... e confirmou a hernia, so que ao invés de tirar queria apenas fazer um bloqueio para que a dor não fosse mais para perna ((que porra ia adiantar isso?!)) Foi então que procurei uma segunda opinião...  Entrei na sala tinha uma velhinho.. muito gentil e engraçador, viu as ressonâncias , olhou pra minha cara e perguntou minha idade, eu respondi e ele disse - Vc eh muito nova pra ter isso. Então perguntei o que era, ele me respondeu que eram 3 hérnias e um defeito na coluna, que se fosse operar as 3 eu teria que colocar pinos e parafusos, mas que eu poderia tirar apenas uma por uma cirurgia por vídeo e eh claro que eu surtei... ((como assim o medico me diz qe é so uma e do nada tenho 3 e um defeito na coluna)) Então fiz o que achei que era certo fazer ((não, não fui pesquisar no Google o que poderia ser feito... fui pesquisar quais remédios podiam matar e adivinhem, achei o dorflex, que em uma certa quantidade pode matar em ate 2 hr))
Fui la e tomei quase uma cartela de dorflex, só que dessa vez eu contei pra minha mãe que me deu remédio pra dormir e disse que logo o efeito passaria (( opa, claro daki 2hr morrer dormindo deve ser ótimo)) Mas pedi pra ela chamar a ambulância, fui covarde sim ...fiz lavagem e fiquei em observação por 3 hrs, mas não disse ao medico que tinha feito de proposito.... Eu me lembro que deitada na cama falando com minha mãe eu dizia que ela ficaria bem melhor sem mim, que eu só atrapalhava a vida dela e de td mundo que ficava ao meu redor, e ela disse que eu era importante ((ainda não descobri onde e nem pra quem)) O pior de td eh ela não assumir que tenho depressão e que isso pode me matar a qualquer momento...Ela não imagina o quanto me doi estar viva, o quento sofro por estar sozinha por ser gorda, por não ser igual minha irmã...Ela não faz ideia de como td do meu passado me apunhala como se tivesse acontecido ontem, como parece que o mundo vai cair em cima de mim a qualquer momento...Não sou mais apaixonada pela vida, não sei se amo mais alguma coisa ou alguem...não sei se vou tentar de novo com remedios ou de uma forma mais eficaz... Não quero deixar-la sozinha, mas tbm não posso viver num mundo onde minha esencia se perdeu, não tenho mais coração, não tenho felicidade, ... Só queria ajuda ou que me deixassem ir pra sempre , caralho sei que não sou uma boa pessoa, nem uma boa filha e muito menos namorada... Sei que Deus esta triste comigo agora e sei que ele não vai me perdoar pelas duas tentativas, sei que não vou pro céu , sei de varias coisas, menos quem sou eu. Não estou a fazer drama, nem querendo chamar a atenção de ninguem, so quero que saibam o quanto eh dificil viver sem um,a alma, É uma verdadeira tortura, fingir que estou bem tds os dias, só pra deixar as pessoas felizes, ja nem sei como eh meu verdadeiro sorriso, Eu ja cai tão fundo no poço, que mesmo que eu procure uma solução eu nã a vejo, na verdade não consigo nem mais ver a luz... Calma, não vou me matar e nem tentar de novo, se bem que vontade não me falta...ainda estou tentando recuperar um pouco de humanidade que ha em mim, e a fé que tenho em Deus ((Achou que eu não fosse falar Dele neh?!)) Sim acredito Nele e sempre , ate meu ultimo suspioro vou acreditar, Ele é a boia m que me agarro quando estou na imensidão do mar sozinha e ninguem esta disposto a me ajudar, preferem dizer que é "crise de ansiedade" a depressão esta me matando e tds estão vendo, mas ninguem faz nd e pelo jeito nem vão fazer...